quarta-feira, 10 de julho de 2013

“O povo deve ser ouvido”, afirmou o secretário geral da CNBB em encontro com presidentes de partidos

E-mailImprimirPDF
IMG 7489





Na terça-feira 9 de julho, o secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, recebeu presidentes de partidos políticos na sede da Conferência, em Brasília. Na oportunidade, os representantes puderam ouvir a posição da CNBB sobre a proposta do plebiscito para a reforma política no Brasil. No encontro, dom Leonardo disse que “entende a necessidade de ampliar a participação popular e que o povo deve ser ouvido”. Sobre a reforma, o secretário afirmou que a Conferência dos Bispos do Brasil compreende como importante para o país. 
Participaram da reunião os presidentes nacionais: do PCdoB, Renato Rabelo; do PT, Rui Falcão e do PDT, Carlos Lupi.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Reflexão

Todas as pessoas costumam falar em justiça ,mas para a maioria delas o fundamento dessa justiça são princípios e valores humanos, principalmente o que está escrito nas leis. Para nós cristãos, esse critério não é suficiente para entendermos verdadeiramente o que é justiça. Não é suficiente em primeiro lugar porque nem tudo o que é legal, é justo ou moral, como por exemplo a legalização do divórcio, do aborto ou da eutanásia. Também devemos levar em consideração que todas as pessoas, embora sejam seres naturais, possuem um dom de Deus que faz delas superiores à natureza, participantes da vida divina, e como Deus é amor, o amor é, para quem crê, o único e verdadeiro critério da justiça

CNBB - Imprensa