domingo, 12 de setembro de 2010

Duas receitas de molho de tomate

Fonte: iG São Paulo

INGREDIENTES:

Molho de Tomate covencional
1,5 kg de tomates maduros
1 dente de alho bem picado
1 pitada de orégano
Sal
Molho de tomates pelados
3 latas de tomates italianos pelados (400g cada uma)
1 dente de alho bem picado
1 pitada de orégano
1 pitada de sal

MODO DE PREPARO:

Molho de Tomate covencional

Corte os tomates em metades e retire as sementes com os dedos. Passe por um moedor manual de carne e deposite numa vasilha. Se não tiver moedor, despedace os tomates com as mãos. Nunca use o liquidificador. Junte o alho ao tomate. Acrescente o orégano.

Molho de tomates pelados
Abra as latas e deposite o conteúdo numa vasilha. Junte o alho ao tomate. Acrescente o orégano e o sal e amasse com as mãos até ficar como uma pasta, sem pedaços maiores de tomate.
Receitas cedidas pela pizzaria Braz, em São Paulo

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Reflexão

Todas as pessoas costumam falar em justiça ,mas para a maioria delas o fundamento dessa justiça são princípios e valores humanos, principalmente o que está escrito nas leis. Para nós cristãos, esse critério não é suficiente para entendermos verdadeiramente o que é justiça. Não é suficiente em primeiro lugar porque nem tudo o que é legal, é justo ou moral, como por exemplo a legalização do divórcio, do aborto ou da eutanásia. Também devemos levar em consideração que todas as pessoas, embora sejam seres naturais, possuem um dom de Deus que faz delas superiores à natureza, participantes da vida divina, e como Deus é amor, o amor é, para quem crê, o único e verdadeiro critério da justiça

CNBB - Imprensa