sábado, 30 de abril de 2011

Consagração a Nossa Senhora


Ó Senhora minha, ó minha Mãe, 
eu me ofereço toda a vós, 
e em prova da minha devoção para convosco, 
Vos consagro neste dia e para sempre, 

os meus olhos, os meus ouvidos, 
a minha boca, o meu coração e inteiramente todo o meu ser. 
E porque assim sou vossa, 
ó incomparável Mãe, 
guardai-me e defendei-me como propriedade vossa. 
Lembrai-vos que vos pertenço, terna Mãe, Senhora nossa. 
Ah, guardai-me e defendei-me como coisa própria vossa. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Reflexão

Todas as pessoas costumam falar em justiça ,mas para a maioria delas o fundamento dessa justiça são princípios e valores humanos, principalmente o que está escrito nas leis. Para nós cristãos, esse critério não é suficiente para entendermos verdadeiramente o que é justiça. Não é suficiente em primeiro lugar porque nem tudo o que é legal, é justo ou moral, como por exemplo a legalização do divórcio, do aborto ou da eutanásia. Também devemos levar em consideração que todas as pessoas, embora sejam seres naturais, possuem um dom de Deus que faz delas superiores à natureza, participantes da vida divina, e como Deus é amor, o amor é, para quem crê, o único e verdadeiro critério da justiça

CNBB - Imprensa