sábado, 28 de fevereiro de 2015

Comissão apresenta subsídio da Jornada Diocesana da Juventude



A Jornada Diocesana da Juventude (JDJ) será celebrada no Domingo de Ramos, 29 de março, ou em dias próximos. Este ano, o tema proposto para a JDJ está na reflexão da 6ª Bem-Aventurança: “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus” (Mt 5,8).
 O papa Francisco escolheu o tema das Bem-Aventuranças para as Jornadas Diocesanas da Juventude de 2014 até 2016. O ano passado ele trouxe a reflexão sobre a 5ª bem-aventurança: “Bem-aventurado os pobres em espírito” (Mt 5,7).

Para motivar nas celebrações da Jornada, a Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) propõe subsídio para animação, estudo e oração.  Clique aqui e baixe o subsídio.
“Este texto quer contribuir com as dioceses e comunidades eclesiais de todo o Brasil para que possam dar continuidade ao espírito da JMJ, promovendo o aprofundamento do tema, trazendo reflexões e propostas para concentrações com os jovens, reunindo as expressões que atuam na evangelização da juventude, em clima de unidade e em sintonia com o tema da Campanha da Fraternidade, preparando a Semana Santa”, explica o bispo auxiliar de Campo Grande (MS) e presidente da Comissão para a Juventude, dom Eduardo Pinheiro da Silva.
Dom Eduardo comenta, também, que a Igreja no Brasil quer estimular as dioceses a promoverem a vida da juventude, “conduzindo os jovens a uma real experiência de fé e estimulando-os a irem ao encontro daqueles jovens que estão com o coração ferido”.  
Jornada Mundial
A 30ª Jornada Mundial da Juventude 2015 será realizada no dia 29 de março, Domingo de Ramos. Nas dioceses do Brasil, são organizadas atividades com os jovens, como encontros, celebrações, vigílias, entre outras. Para contribuir na vivência da Jornada deste ano, o papa Francisco enviou mensagem sobre a sexta Bem-aventurança. O evento é uma preparação para a JMJ, em âmbito internacional, que ocorrerá em julho de 2016, na Cracóvia.
“Queridos jovens, como vedes, esta Bem-aventurança está intimamente relacionada com a vossa vida e é uma garantia da vossa felicidade. Por isso, repito-vos mais uma vez: tende a coragem de ser felizes!”, disse o papa Francisco na mensagem.
Com informações dos Jovens Conectados. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Reflexão

Todas as pessoas costumam falar em justiça ,mas para a maioria delas o fundamento dessa justiça são princípios e valores humanos, principalmente o que está escrito nas leis. Para nós cristãos, esse critério não é suficiente para entendermos verdadeiramente o que é justiça. Não é suficiente em primeiro lugar porque nem tudo o que é legal, é justo ou moral, como por exemplo a legalização do divórcio, do aborto ou da eutanásia. Também devemos levar em consideração que todas as pessoas, embora sejam seres naturais, possuem um dom de Deus que faz delas superiores à natureza, participantes da vida divina, e como Deus é amor, o amor é, para quem crê, o único e verdadeiro critério da justiça

CNBB - Imprensa