sexta-feira, 3 de setembro de 2010

BOLO DELÍCIA DE LIMÃO


Autor: Panelinha
Tipo de Cozinha: da vovó, básica
Categoria: café-da-manhã, doces, sobremesas, bolos

Tempo de preparo: Menos de 2 horas
Serve: 6 pessoas


Este bolo é uma delícia mesmo, pode confiar. Fica supermacio e com uma casquinha crocante de açúcar por fora. Uma perdição. Para a massa

Ingredientes
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de sal
220 g de manteiga em temperatura ambiente
2 xícaras (chá) de açúcar
4 ovos
1 xícara (chá) de leite
raspas de 2 limões
manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar
Modo de Preparo
1. Preaqueça o forno a 180ºC (temperatura média). Unte uma fôrma redonda ou de pudim com manteiga e polvilhe com farinha de trigo.

 2. Passe pela peneira a farinha, o fermento e o sal. Reserve.

3. Na batedeira, bata a manteiga até que fique fofa. Adicione o açúcar e bata apenas para misturar. Junte os ovos, um a um, batendo bem entre cada adição. Diminua a velocidade e adicione os ingredientes peneirados aos poucos, alternando com o leite. A cada adição, bata apenas para misturar.

 4. Desligue a batedeira, adicione as raspas de limão, misture com uma espátula e transfira para a fôrma. Nivele a massa girando a fôrma rapidamente sobre a mesa.

5. Leve ao forno preaquecido e deixe assar por aproximadamente 45 minutos. Espete um palito no bolo para verificar o ponto. Se o palitinho sair sujo de massa, deixe assar mais um pouco. Depois de assado, retire o bolo do forno e deixe esfriar por mais 5 minutos.

 6. Num prato grande, desenforme o bolo e espalhe o glacê com uma colher. Se quiser, decore com fatias bem finas de limão e sirva a seguir.
Para o glacê
Ingredientes
1/3 xícara (chá) de suco de limão peneirado
2/3 xícara (chá) de açúcar

Modo de Preparo
Enquanto o bolo esfria, numa tigelinha misture bem o suco de limão e o açúcar. Reserve.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Reflexão

Todas as pessoas costumam falar em justiça ,mas para a maioria delas o fundamento dessa justiça são princípios e valores humanos, principalmente o que está escrito nas leis. Para nós cristãos, esse critério não é suficiente para entendermos verdadeiramente o que é justiça. Não é suficiente em primeiro lugar porque nem tudo o que é legal, é justo ou moral, como por exemplo a legalização do divórcio, do aborto ou da eutanásia. Também devemos levar em consideração que todas as pessoas, embora sejam seres naturais, possuem um dom de Deus que faz delas superiores à natureza, participantes da vida divina, e como Deus é amor, o amor é, para quem crê, o único e verdadeiro critério da justiça

CNBB - Imprensa