sexta-feira, 27 de maio de 2011

Ou santos ou nada!


Jesus foi na frente para preparar o nosso lugar. Há um lugar no céu que é somente seu, e isso não é egoísmo; pelo contrário: é uma grande responsabilidade. Ninguém poderá ocupar esse lugar, porque o Senhor o preparou e reservou exclusivamente para você. 

Você já imaginou a dor no coração de Deus se encontrar seu lugar vazio? Cristo se humilhou, se fez homem e morreu numa cruz, para que você ocupasse o seu lugar no céu. 

Por isso, ou santos ou nada! E ser santo não é uma coisa impossível, porque você é a imagem e semelhança de Deus, que é três vezes Santo. Para alcançarmos isso você e eu estamos recebendo uma graça maravilhosa: está sendo derramado sobre nós o Espírito Santo de Deus.

Deus o abençoe!

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

(Trecho do livro "Combatentes na Esperança" de monsenhor Jonas Abib)

Um comentário :

  1. A Paz de Jesus e o Amor de Maria em seu coração!
    Somos da Associação Católica Fonte de Água Viva e estamos ampliando nossos projetos de Evangelização para conseguirmos cada vez mais Conquistar mais Corações Para Deus.
    Atualmente estamos com a Rádio Fonte de Água Viva, onde trazemos 24 horas com uma programação de qualidade promovendo sempre os valores do Evangelho. E agora você pode ser tornar um retransmissor de nossa programação. Para isso, basta colocar em seu site (ou Blog) o Player de nossa Rádio, assim, todos os que entrarem em seu site vão ouvir em tempo real a nossa programação. E ainda colocaremos no site de nossa Rádio um link de seu site na sessão “Parceiros”.

    Caso tenha interesse entre em contato conosco através do e-mail: edmilson.aparecido@bol.com.br



    Para conhecer a nossa Rádio acesse: www.radiofontedeaguaviva.net
    Estamos a disposição para maiores esclarecimentos.
    Abraços Fraternos

    ResponderExcluir

Reflexão

Todas as pessoas costumam falar em justiça ,mas para a maioria delas o fundamento dessa justiça são princípios e valores humanos, principalmente o que está escrito nas leis. Para nós cristãos, esse critério não é suficiente para entendermos verdadeiramente o que é justiça. Não é suficiente em primeiro lugar porque nem tudo o que é legal, é justo ou moral, como por exemplo a legalização do divórcio, do aborto ou da eutanásia. Também devemos levar em consideração que todas as pessoas, embora sejam seres naturais, possuem um dom de Deus que faz delas superiores à natureza, participantes da vida divina, e como Deus é amor, o amor é, para quem crê, o único e verdadeiro critério da justiça

CNBB - Imprensa