sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Participantes do Congresso de Animação Bíblica fazem romaria a Trindade


E-mailImprimirPDF
Congressobiblia-missatrindade3


Uma romaria à Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO), na tarde de ontem, encerrou as atividades do segundo dia do I Congresso Brasileiro de Animação Bíblica da Pastoral, que acontece desde sábado, 8, em Goiânia (GO). Na Basílica, os 500 congressistas participaram da missa, que foi presidida pelo secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Ulrich Steiner.

Em sua homilia, dom Leonardo destacou o lugar da Palavra de Deus na vida das pessoas. “Como é extraordinário podermos, na Palavra, saborear a relaçõ vital entre nós e Deus, e, na participação do mistério do Reino, da mesma vida entre nós”, disse. “Como é estupendo podermos pela Palavra perceber o sentido de nossa pessoa e das pessoas que conosco convivem”, acrescentou o secretário.

Congressobiblia-missatrindadeDom Leonardo recorreu ao papa Bento XVI para acentuar que a palavra de Deus ilumina a vida das pessoas. “A Palavra de Deus é a verdadeira estrela que, na incerteza dos discursos humanos, nos oferece o grande esplendor da verdade divina e da verdade de todas as coisas”, observou.

“Onde devemos guardar a Palavra de Deus?”, indagou dom Leonardo. “Sem dúvida alguma no coração, como diz o profeta: conservei no coração vossas palavras, a fim de que eu não peque contra vós”, respondeu citando versículo 11 do salmo 118.
Nesta segunda-feira, 10, os trabalhos do Congresso foram abertos com a leitura orante da bíblia. Em seguida, foram apresentadas as conferências "Da pastoral bíblia à pastoral de toda a biblia" e "Pastoral bíblica e animação bíblica no Brasil", feitas, respectivamente, pela assessora do Centro de Estudos Bíblicos (CEBI), Mercedes de Budallés Diez, e pela doutoranda em Teologia Bíblica, Irmã Maria Aparecida Barboza.
À tarde, os congressistas se reunirão em grupo para aprofundar o tema apresentado pela manhã. A missa será às 18h e, às 20h, haverá um momento cultural preparado pela PUC de Goiás.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Reflexão

Todas as pessoas costumam falar em justiça ,mas para a maioria delas o fundamento dessa justiça são princípios e valores humanos, principalmente o que está escrito nas leis. Para nós cristãos, esse critério não é suficiente para entendermos verdadeiramente o que é justiça. Não é suficiente em primeiro lugar porque nem tudo o que é legal, é justo ou moral, como por exemplo a legalização do divórcio, do aborto ou da eutanásia. Também devemos levar em consideração que todas as pessoas, embora sejam seres naturais, possuem um dom de Deus que faz delas superiores à natureza, participantes da vida divina, e como Deus é amor, o amor é, para quem crê, o único e verdadeiro critério da justiça

CNBB - Imprensa