sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Arroz cremoso

Um acompanhamento de dar água na boca

Ingredientes
2 colheres (sopa) de margarina sem sal 4 colheres (sopa) de cebola picada 1 xícara (chá) de arroz cru meia lata de milho, escorrida 2 xícaras (chá) de flores de brócolis japonês (150 g) 2 xícaras (chá) de água fervente (400 ml) 1 sachê de caldo de Costela 1 colher (chá) de sal meio copo de requeijão

Modo de Preparo
Em uma panela média, coloque a margarina e leve ao fogo alto para derreter. Junte a cebola e refogue por 2 minutos, ou até começar a dourar. Acrescente o arroz, o milho e os brócolis, e refogue rapidamente. Adicione a água, o Caldo "Sazón" e sal, e deixe cozinhar em fogo médio, com a panela semitampada, por cerca de 15 minutos, ou até o arroz estar macio. Junte o requeijão, misture delicadamente e retire do fogo. Tampe a panela e deixe descansar por 5 minutos. Sirva em seguida.

Dica
: se preferir, substitua os brócolis "in natura" pela mesma quantidade de congelado.

Receita cedida por Sazón 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Reflexão

Todas as pessoas costumam falar em justiça ,mas para a maioria delas o fundamento dessa justiça são princípios e valores humanos, principalmente o que está escrito nas leis. Para nós cristãos, esse critério não é suficiente para entendermos verdadeiramente o que é justiça. Não é suficiente em primeiro lugar porque nem tudo o que é legal, é justo ou moral, como por exemplo a legalização do divórcio, do aborto ou da eutanásia. Também devemos levar em consideração que todas as pessoas, embora sejam seres naturais, possuem um dom de Deus que faz delas superiores à natureza, participantes da vida divina, e como Deus é amor, o amor é, para quem crê, o único e verdadeiro critério da justiça

CNBB - Imprensa