terça-feira, 7 de setembro de 2010

Berinjela de Gala

·  3 berinjelas
·  ½ xícara (chá) azeite

Modo de preparo:
Corte as berinjelas em fatias, polvilhe sal e deixe descansar por trinta minutos. Em seguida lave bem e seque as fatias. Grelhe no azeite. Reserve.

Recheio:

·  1 xícara (chá) de batatas cozidas
·  2 xícaras (chá) de cenouras cozidas
·  1 xícara (chá) de vagem cozida
·  1 xícara (chá) de abobrinha aferventada
·  5 colheres (sopa) de parmesão ralado
·  200g de mussarela em cubos
·  1 colher (sobremesa) de manjericão
·  2 ovos batidos
·  Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:
Em uma travessa misture todos os ingredientes do recheio.

Montagem:
Unte uma forma com manteiga e forre com as berinjelas em fatias, por cima adicione o recheio e cubra novamente com o restante das fatias. Leve ao forno em banho Maria por 45 minutos.

Zenaide Del Lago
11 – 22968483

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Reflexão

Todas as pessoas costumam falar em justiça ,mas para a maioria delas o fundamento dessa justiça são princípios e valores humanos, principalmente o que está escrito nas leis. Para nós cristãos, esse critério não é suficiente para entendermos verdadeiramente o que é justiça. Não é suficiente em primeiro lugar porque nem tudo o que é legal, é justo ou moral, como por exemplo a legalização do divórcio, do aborto ou da eutanásia. Também devemos levar em consideração que todas as pessoas, embora sejam seres naturais, possuem um dom de Deus que faz delas superiores à natureza, participantes da vida divina, e como Deus é amor, o amor é, para quem crê, o único e verdadeiro critério da justiça

CNBB - Imprensa