quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Comissão prepara o 14º Encontro Nacional de Presbíteros


E-mailImprimirPDF
cnp


“A Identidade e a Espiritualidade do Presbítero no Processo de Mudança de Época”. Este é o tema do 14º Encontro Nacional de Presbíteros, que acontecerá em Aparecida (SP), nos dias 1 a 7 de fevereiro de 2012.
O 14º Encontro será eletivo, quando os presbíteros delegados das dioceses do Brasil escolherão a futura nova presidência da CNP para o quadriênio de 2012 a 2016.

Segundo o presidente da Comissão Nacional dos Presbíteros (CNP), padre Francisco dos Santos, o padre João Batista Libânio, em continuidade aos temas propostos nos 13 ENPs passados, realizados nesses 25 anos, “apresenta-nos um extraordinário subsidio para estudo, em preparação ao 14º ENP, à luz do tema do encontro e seguido do lema “Escolhido entre os homens e constituído em favor da humanidade”.
“Nós, da atual presidência do CNP, somos muitíssimos agradecidos à CNBB, à Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, aos bispos e irmãos presbíteros que nos acolheram e nos ajudaram, nestes quase quatro anos, na condução deste importante organismo de comunhão dos presbíteros da Igreja do Brasil, vinculado à CNBB”, disse o padre Francisco dos Santos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Reflexão

Todas as pessoas costumam falar em justiça ,mas para a maioria delas o fundamento dessa justiça são princípios e valores humanos, principalmente o que está escrito nas leis. Para nós cristãos, esse critério não é suficiente para entendermos verdadeiramente o que é justiça. Não é suficiente em primeiro lugar porque nem tudo o que é legal, é justo ou moral, como por exemplo a legalização do divórcio, do aborto ou da eutanásia. Também devemos levar em consideração que todas as pessoas, embora sejam seres naturais, possuem um dom de Deus que faz delas superiores à natureza, participantes da vida divina, e como Deus é amor, o amor é, para quem crê, o único e verdadeiro critério da justiça

CNBB - Imprensa